Você está aqui

Uso Eficiente do Etanol Veicular no Brasil - 2013
21 de Novembro
Auditório Catavento Educacional e Cultural - Parque Dom Pedro II - Brás - São Paulo - SP

Programação

Veja a seguir a programação do Seminário Internacional sobre Uso Eficiente do Etanol.

21 de Novembro
Horárioordem crescente
16:00

Painel de Encerramento

A quem interessa veículos a etanol eficientes? No início do PROALCOOL, a competição entre montadoras aumentou a eficiência dos carros a etanol que, no final dos anos 80, eram mais eficientes que os carros a gasolina equivalentes. No INOVAR (Auto e Energia), as metas de eficiência assumem que motores a etanol continuarão a ser inferiores. Em um mercado dominado pelos "flex" como estimular maior eficiência no uso do etanol? À luz das análises anteriores, essa mesa discute formas de modificar o quadro atual, tendo em conta a maior complexidade e competitividade potencial da nova matriz energética do país.

  • Coordenadores

    Pietro Erber - Diretor do INEE

  • Debatedores

    Bernardo Hauch Ribeiro de Castro - Departamento de Bens de Capital, Mobilidade e Defesa – Área de Indústria de Base do BNDES

    Alfred Szwarc - Especialista em emissões veiculares

15:30

Intervalo para café

14:45

Etanol substituindo diesel

A substituição do diesel pelo etanol abre um novo importante mercado para o último. Interessa, em particular, à atividade canavieira onde a o diesel usado, sobretudo, no transporte da cana equivale a 10% da energia do etanol produzido. Há diversas experiências de acionamento de veículos pesados (caminhões e ônibus) a etanol com motores diesel adaptados e/ou usando aditivos. Sistemas elétrico-híbridos também têm sido usados, pois a potência do motor de combustão interna é compatível com a de motores a etanol disponíveis no mercado. A mesa discute a possibilidade das montadoras virem a oferecer essa classe de veículos.

14:00

Carros elétrico-híbridos a etanol

Os veículos com tração elétrico-híbrida começam a ser oferecidos no Brasil. Esse sistema de tração que combina as boas propriedades dos motores de combustão interna com as do motor elétrico é bem mais eficiente que os veículos convencionais e têm níveis de emissão mínimos. A mesa discute a possibilidade de a indústria oferecer esses veículos usando etanol como combustível. Usando etanol de cana, seriam “os mais verdes do mundo” quando se considera seu ciclo de vida.

  • Coordenadores

    Sergio Pacca - Professor do Programa de Energia e Sustentabilidade da USP

  • Palestrantes

    Roberto Matarazzo Braun - Gerente de Assuntos Governamentais, da TOYOTA

12:30

Intervalo para almoço

11:15

Flex otimizado para etanol

A gasolina e o etanol são combustíveis química e fisicamente diferentes. O motor “flex” é uma solução de compromisso cuja eficiência é sacrificada para atender a dualidade de combustíveis. Na maioria dos carros flex, a eficiência, em termos energéticos, é menor quando operam com etanol do que com gasolina. Os programas de incentivo ao aumento da eficiência veicular (INOVAR Auto) assume a manutenção desse viés. A mesa avalia se o flex pode ser aperfeiçoado para operar de forma eficiente com ambos combustíveis.

10:45

Intervalo para café

09:45

Volta do motor a etanol

Avaliações teóricas e experimentais mostram que motores a etanol podem atingir eficiências elevadas, comparáveis às de motores diesel. O consumo, em termos volumétricos, seria próximo ao de um motor a gasolina equivalente.

09:00

Abertura dos trabalhos

A mesa discute as perdas de energia e oportunidades de recuperação na cadeia energética da cana. Ênfase na avaliação dos efeitos do aumento da eficiência no uso veicular do etanol.

08:00

Inscrições / Credenciamento

Menu principal